Quarta, 12 de dezembro de 2018
Pesquisa:

18/01/2013 - Eduardo Buck, diretor da ExpoPrint Digital 2013, enfatiza importância da feira

Eduardo Buck é o diretor da ExpoPrint Digital 2013, feira voltada para soluções de software e hardware dos segmentos de impressão digital, baixas tiragens, transpromo, mala direta de alta relevância e web-to-print. Como diretor desta feira inovadora, ele vê o ano de 2013 como o momento propício para a busca de novas aplicações, investimentos e networking do segmento. E para auxiliar os empresários gráficos nesta busca, Eduardo destaca a oferta de soluções no evento, que além de ser uma feira, é também fonte de informação e recursos necessários para acompanhar este nicho de mercado forte e em constante atualização da impressão digital. Confira então a entrevista!

Como é ser o diretor de um novo evento no mercado brasileiro, composto por empresas líderes do mercado e baseado em um segmento gráfico inovador e em ascensão?

Eduardo Buck: O mercado Brasileiro está amadurecendo e em busca de novas aplicações para a impressão comercial, na Expoprint Digital 2013, teremos uma chance única de demonstrar ao público que atenderá a feira o que temos de mais avançado e à disposição no Brasil. Convido a todos os investidores e formadores de opinião a visitar nossos expositores, prestigiando o investimento realizado neste importante evento. Destaco que a Expoprint Digital é muito mais que uma feira de impressão digital, é a fonte de informação e recursos que todo empresário procura para alcançar sucesso.


Como o senhor vê o mercado de impressão digital atualmente no Brasil e na América Latina? E como esse mercado se reflete na feira?

EB.: A impressão digital é um importante nicho de mercado que precisa ser explorado, tanto no Brasil, quanto nos países da América Latina. São várias as aplicações, tais como impressão de baixas tiragens, dados variáveis, impressão sob demanda e produtos personalizados. Na Expoprint Digital 2013, teremos uma vasta quantidade de expositores aptos para colaborar com o projeto digital da gráfica que busca algo inovador. E teremos a presença dos líderes de mercado nos segmentos de impressão digital! Nesta feira, tenho certeza que nosso público terá acesso fácil para conversar com os provedores de softwares, papéis especiais, equipamentos de acabamento, suprimentos, impressoras, provedores de solução, etc.


Como a ExpoPrint Digital pode ajudar o empresário gráfico que quer incluir novos serviços e soluções digitais em seu portifólio na sua gráfica convencional?

EB.: Convidamos a visitar a feira e conferir os principais lançamentos mundiais no segmento de impressão digital, as soluções voltadas para a impressão comercial e digital estarão convivendo conjuntas, associados aos softwares de pré-impressão, gestão e fluxo de trabalho. Será possível conhecer os stands e participar dos seminários organizados pelo grupo do Digitec, ter acesso a conteúdos estratégicos e aprender com quem tem experiência em um mercado que evolui constantemente. Durante a feira, haverá o evento One to One Summit, voltado ao mercado de marketing direto, aproximando ainda mais os consumidores finais ao papel impresso, ou seja, gerando valor para a impressão, seja ela digital ou convencional.


Como maior plataforma de soluções digitais do ano de 2013, a ExpoPrint Digital se marca por sua posição entre a Drupa 2012 que teve a ascensão dos visitantes chineses e brasileiros e com mais soluções digitais, e a futura ExpoPrint Latin America 2014, que irá ocorrer em pleno ano de Copa, na qual o Brasil terá grande foco dos investidores e da mídia internacional. O que representa esse momento de transição?

EB.: O Brasil é um país em forte expansão e com grande capacidade produtiva, além de um povo carismático e muito criativo. Mostramos nossa força na Drupa e repetiremos o sucesso de público e vendas na Expoprint Latin América 2014, aguardem!














































Todos os direitos reservados a Press Communications.